MCCE divulga iniciativas em prol da Reforma Política e Eleitoral.

Em reunião realizada na tarde de segunda-feira (18/8), o MCCE (Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral) solicitou às 95 entidades que o compõem que divulguem a Campanha da Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas. O Sindifisco Nacional, que integra o movimento, foi representado pela diretora-adjunta de Relações Intersindicais, Maria Urânia Costa.

O movimento está em busca de assinaturas para apresentação de um Projeto de Lei de iniciativa popular pela Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas, que tem por objetivo afastar das eleições o abuso do poder econômico, racionalizar o sistema eleitoral, promover a inclusão política das mulheres e demais grupos não representados e favorecer o uso dos mecanismos da democracia direta.

Nesta mesma reunião, foi apresentado às entidades o Disque Denúncia Eleitoral, canal por meio do qual a população de todo o Brasil pode se pronunciar sobre irregularidades eleitorais.

As denúncias sobre crimes eleitorais devem ser feitas através do telefone 4003 0278, para capital e regiões metropolitanas, ou pelo 0800 8810278, para as demais localidades.

Aplicativo – Com intuito de envolver o cidadão/eleitor no processo eleitoral, o MCCE desenvolveu o aplicativo, “Transparência”, App que permite que o eleitor acompanhe os políticos e as informações de candidatura.  Veja aqui como baixar o aplicativo.

“O movimento disponibiliza meios de fácil leitura para que o cidadão possa supervisionar e fiscalizar os candidatos e, efetivamente, conhecer o perfil de quem está votando”, ressaltou Maria Urânia.

Histórico – O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, organização da sociedade civil, foi responsável pela mobilização da sociedade brasileira em favor da aprovação das duas únicas leis de iniciativa popular anticorrupção no Brasil: a Lei nº 9.840/99 (Lei da Compra de Votos) permite a cassação de registros e diplomas eleitorais pela prática da compra de votos ou do uso eleitoral da máquina administrativa. Foi responsável também pela campanha da qual decorreu a aprovação da Lei Complementar nº 135/2010, popularmente conhecida como “Lei da Ficha Limpa”.

O MCCE Também coordenou a campanha “Corrupção Eleitoral e Saúde Voto não tem preço. Saúde é seu direito!” Atualmente, o Movimento se concentra na elaboração de cum projeto para a Reforma do Sistema Político Brasileiro – mais uma iniciativa popular.


Disponível em http://www.sindifisconacional.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=25587:mcce-solicita-divulgacao-das-iniciativas-em-prol-da-reforma-politica&catid=44:outras-noticias&Itemid=515

http://ijf.org.br/?p=189

>>>>>>> f0be47026d97b87ee764a392299fcfa9c77a5784