Instituto Justiça Fiscal lança a ferramenta “Donos do Congresso” no plenarinho da Assembleia Legislativa do RS

No final da tarde do dia 29 de abril ocorreu, no plenarinho da Assembleia Legislativa do RS o lançamento do site “Donos do Congresso” (www.donosdocongresso.com.br), contando com a participação da jornalista e articulista política Rosane de Oliveira, representantes de entidades, sindicatos e do presidente da CUT/RS Claudir Nespolo.

Na apresentação do projeto, o Diretor de Relações Institucionais do IJF Dão Real dos Santos explicou que o objetivo do site é possibilitar que os eleitores saibam, efetivamente, quem são os financiadores das campanhas dos candidatos. Segundo ele, “através do marketing político, os eleitores são transformados em meros votantes, pois os resultados eleitorais têm demonstrado que aqueles com maior disponibilidade financeira financeira, independentemente de suas capacidades, de sua plataforma, de partido, em geral têm sido eleitos”. O site vai mostrar aos eleitores quais os reais interesses e compromissos dos candidatos, ou seja, quem eles vão representar. A ideia é contribuir para resgatar a cidadania dos eleitores, de modo que estes possam votar conhecendo a realidade de seu candidato e também para que o processo eleitoral não se encerre ao término da votação, quando aparece a palavra “Fim” na urna eletrônica.
Rosane de Oliveira parabenizou a iniciativa do IJF, reassaltando que, embora os dados de financiamento de campanha sejam públicos, é extremamente difícil manuseá-los e, nesse sentido, a contribuição do IJF é fundamental para iluminar e deixar mais claro o emaranhado de dados. A jornalista, que há mais de trinta anos trabalha na área política, disse ainda que seria bem mais interessante, do ponto de vista financeiro, trabalhar na área do marketing eleitoral, pois as campanhas tornaram-se, de fato, extremamente caras, movimentando milhões e milhões de reais. O gasto médio de uma campanha a deputado no RS, por exemplo, supera os R$ 900.000,00. Mas ela permanece na área do jornalismo político porque, segundo ela, existem bons políticos, que honram seus mandatos, e a política é um dos instrumentos fundamentais para o exercício da cidadania. O site, portanto, vai colaborar nesse exercício de cidadania, pois “tudo que vai na linha de deixar mais transparentes os dados, de facilitar a vida dos eleitores conta com meu apoio”, ressaltou ela.
O site  já está disponível aos cidadãos para as consultas que são, por exemplo, conhecer os maiores doadores, quais empresas ou pessoas físicas financiaram quais candidatos e partidos, qual o valor do gasto de campanha dos candidatos a deputado federal e senadores na campanha de 2010, entre outras. Em um segundo momento, vai permitir a inclusão dos dados da campanha de 2014, vez que à medida que os candidatos declarem os valores recebidos, o site já estará colocando os mesmos à disposição dos eleitores.

 

http://ijf.org.br/?p=168